Dermatologia Cosmética

Lista de doenças


Diretor Técnico
Dr. Paulo Sergio Zeminian,
CRM 45136,
Registro de Qualificação de Especialista 11.513

Hiperidrose/ Transpiração

Um simples abraço ou aperto de mão podem gerar constrangimento para quem sofre com a hiperidrose. Surgem, então, problemas nos relacionamentos interpessoais, prejuízos sociais e profissionais e uma forte queda na auto-estima. Para eliminar o problema e ter de volta a liberdade de se expressar com confiança, os pacientes podem contar com aplicações de toxina botulínica tipo A, um tratamento seguro e muito eficaz. Consulte um médico especialista e confira a seguir informações úteis sobre o tratamento.

Suor excessivo?

Você já se sentiu constrangido ou inibido por manchas de suor excessivo nas roupas? Suar bastante em alguma situações é normal e até saudável, mas se esse suor excessivo acontece a todo instante é sinal de hiperidrose, uma condição que afeta parte da população.

O que é hiperidrose?

O suor é uma forma que o corpo tem para controlar a temperatura do corpo, especialmente durante prática de exercícios, febre ou sob temperaturas ambientais mais elevadas. Suar é natural e saudável. Mas quando ocorre a hiperatividade das glândulas sudoríparas (glândulas que produzem o suor), temos uma condição conhecida como hiperidrose. A hiperidrose não é uma doença grave. Ninguém corre risco de vida por hiperidrose. Mas é sempre uma situação extremamente desconfortável. Hiperidrose pode causar embaraço social, transtornos de relacionamento e até psicológicos. Quem tem esse problema frequentemente se isola socialmente e adquire hábitos para esconder seu problema.

Quais são as causas da hiperidrose?

A hiperidrose pode ocorrer em pessoas com doença da tiróide, doenças psiquiátricas, menopausa ou obesidade. Mas também pode ocorrer em pessoas saudáveis, sem outras queixas ou doenças.

Quando a hiperidrose se manifesta?

Não há idade certa para o início dos sintomas. Crianças, adolescentes e adultos podem ter sintomas por razões desconhecidas. Eventualmente, pode-se encontrar outras pessoas da mesma família com problema de hiperidrose.

Onde a hiperidrose pode se manifestar?

As áreas mais atingidas são as axilas, palmas das mãos, plantas dos pés e virilha. Mas também pode ocorrer em outras áreas. Quando a hiperidrose é grave, o excesso de suor pode escorrer espontaneamente na região afetada. Nos casos mais intensos, a pele pode ficar com fissuras (rachaduras). Quando a sudorese é nas axilas, também pode ocorrer odor desagradável.

Hiperidrose tem tratamento?

Hiperidrose não tem cura, mas tem formas de controle. Entre outras opções, a toxina botulínica tipo A surge como uma boa opção terapêutica, interrompendo a sudorese na área tratada.

Como é feito o tratamento da hiperidrose com a toxina botulínica tipo A?

A toxina botulínica tipo A, além do conhecido uso para tratamento de rugas dinâmicas para rejuvenescimento, oferece uma excelente opção para os pacientes com hiperidrose. O efeito máximo ocorre em cerca de 2 semanas e o tratamento apresenta boa eficácia, com interrupção da sudorese na área tratada. O mesmo procedimento pode ser feito para outras regiões com palmas, plantas, virilha e outras. Geralmente, utiliza-se a anestesia tópica (em creme) e/ou anestesia local(bloqueio anestésico).

Por quanto tempo a região permanece tratada?

O efeito máximo da toxina botulínica tipo A é atingido dentro de 2 semanas, podendo durar até 8 meses. A necessidade da repetição das injeções varia de acordo com cada paciente, mas há uma média de 6 meses para novas aplicações.

Todos os tratamentos Médicos possuem riscos de maus resultado , riscos estes que serão informados e explicados pelo Médico no momento da consulta