Tratamentos

Lista de doenças


Diretor Técnico
Dr. Paulo Sergio Zeminian,
CRM 45136,
Registro de Qualificação de Especialista 11.513

Depilação definitiva

Redução permanente dos pelos

O uso da luz como tratamento

A tecnologia dos aparelhos de laser vem sendo utilizada na medicina há vários anos. Suas aplicações são diversas e em alguns casos seu uso revolucionou o tratamento de certas doenças.

O laser corresponde a uma energia luminosa que pode ser direcionada seletivamente a um alvo seja ele a pele, os vasos sanguíneos ou mais comumente os pelos.

Diferentes tipos de laser produzem diferentes matrizes de luz. A cor da luz produzida pelo laser é a chave para seu efeito nos folículos pilosos. A luz emitida pelo aparelho é absorvida pelo pigmento do pelo, numa fração de segundos, tempo necessário para destruir a raiz, impedindo-a de voltar a crescer.

Remoção dos pelos

O aumento dos pelos ou simplesmente a sua presença associada ou não a sintomas de irritação, alergias ou pseudo foliculites (pelos encravados) pode ser eficazmente tratado com a tecnologia dos aparelhos a laser de maneira segura, rápida e eficaz.

Todos os casos devem ser avaliados por médicos, pois se deve levar em conta as características da pele, dos pelos e o histórico do paciente. Há casos nos quais pode ser necessária uma triagem hormonal, para verificar a presença de uma causa endocrinológica para o aumento dos pelos.

Número de sessões

Os pelos de qualquer parte do corpo estão divididos em 2 grandes grupos: os anágenos (pelos em crescimento e com grande quantidade de melanina) e os telógenos (pelos em repouso).

Normalmente os anágenos correspondem a 60% do total e são eles que são destruídos pelo laser. Portanto, para uma redução permanente e eficaz são necessárias algumas sessões. A região a ser tratada e a densidade dos pelos no local, também são levados em consideração. Em média são necessárias de 3 a 5 sessões com intervalos de 20 a 40 dias.

Sintomas e cuidados

Durante a aplicação o desconforto do tratamento é minimizado pelo resfriamento da ponteira e pela prévia aplicação de um creme anestésico. Após a sessão um leve ardor ou uma vermelhidão local pode permanecer por 2 a 5 dias, o que pode ser atenuado por compressas geladas e cremes prescritos pelo seu dermatologista. Em casos raros podem surgir manchas escuras ou claras, de duração temporária que desaparecem sem tratamento.

É importante o uso do filtro solar de maneira regular antes e após 1 mês de cada sessão.

Podemos esperar com o tratamento de depilação a laser uma redução permanente dos pelos, mudanças favoráveis em alguns tipos de pilificação como afinamento e clareamento e um menor grau de irritações e inflamações da pele.